Qual é a diferença entre Mestre e Dono?

Fora do contexto Role-playing BDSM, um Mestre é definido como uma pessoa que tem outras pessoas trabalhando para ela, especialmente servos ou escravos. Normalmente, o escravo não tem poder algum, enquanto o Mestre tem controle total sobre ele, até o quê/quando comem, dormem e até quando estão sentados (às vezes). O servo ou escravo pode ser forçado a ter relações sexuais com outras pessoas, mesmo contra a sua própria vontade, e ser forçado a ter relações sexuais com o Mestre, se o Mestre desejar. Eles não têm controle sobre o que seu Mestre quer.


Master/Mistress – Mestre(a)
Dentro do contexto Role-playing BDSM, os jogadores procuram se aproximar dessa ideia, porém de forma consentida e com alguns limites pré-estabelecidos. Por exemplo, não interferir na vida profissional, familiar, financeira, etc. Por isso, torna-se imprescindível conhecer as necessidades e fantasias do “parceiro de jogo”, para que estes limites sejam claramente estabelecidos. Mas não se surpreenda se encontrar alguém que deseja controle total sobre a vida do outro, ou alguém que queira entregar a sua vida nas mãos de outra. Você não é obrigado a aceitar nada que não queira, mas se aceitar, não tem do que reclamar depois.

Owner – Dono (a), Proprietário (a)
Quando alguém se diz “Dono” de alguém, não está necessariamente se referindo a um parceiro sexual (a menos que tenha um acordo expresso sobre isso), mas sim a um parceiro fetichista. Normalmente indica uma relação de Proprietário e posse, como o Dono de um gato ou cachorro. Não é escravo. Os mais comuns são cachorros e gatas. Mas também existem outras "espécies" de pet, como raposa, coelho, égua, porca, vaca, etc.


O animal de estimação (meninos(as) que se comportam como animais) tem controle sobre o que o proprietário faz com ele e como será cuidado por esse proprietário. Nesse caso, o Pet possui uma mistura de comportamentos e necessidades de animais com sentimentos e desejos humanos, por exemplo, eles podem ter mais afeição do que um animal de estimação pelo proprietário, mas podem desenvolver um desejo sexual por seu Dono. O Pet tem consentimento para qualquer coisa que o proprietário permita. Normalmente, eles podem fazer coisas que escravos não podem e são tratados de forma melhor que um escravo. Isto é o que alguém deve esperar quando procura por um Dono.

* * *

Não significa, exatamente, que é isso que um Mestre/Dono fará, mas as referências apontam nesse sentindo, muito embora aqui no Brasil exista uma grande confusão entre os termos Dono e Mestre. Por isso, durante a negociação é importante esclarecer como cada pessoa interpreta esses termos.

Comentários

Postagens mais visitadas