Maledom

 
Dominação masculina, Maledom ou domínio masculino geralmente se refere a atividades heterossexuais de BDSM em que o parceiro dominante é masculino e o parceiro submisso é feminino. No entanto, o termo às vezes é usado para se referir a atividades homossexuais de BDSM, onde ambos os parceiros são homens.

Os cenários de Maledom são comuns na ficção BDSM, incluindo trabalhos como o Story of O e os trabalhos de John Norman e Adrian Hunter.

Nos tempos modernos, a ficção maledom começou com as obras do Marquês de Sade, que escreveu sobre cenários sexuais em que homens torturavam mulheres. O termo "sadismo" deriva do nome de Sade.



Dominação masculina em público na Folsom Street Fair, EUA
Os cenários de maledom são frequentemente criticados pelas feministas porque a imposição do homem como figura dominante pode ser vista como insinuando a inferioridade das mulheres, embora poucas feministas pareçam preocupadas com imposições equivalentes na prática ou ficção de femdom. A objeção é questionável, pois o desejo de se submeter pode ser bastante forte em mulheres que não têm antecedentes pessoais patológicos, nem nenhuma patologia psicológica particularmente identificável, apenas um interesse em ter um relacionamento com um homem dominante.

“Para ser completamente mulher, você precisa de um mestre, e nele uma bússola para a sua vida. Você precisa de um homem que possa admirar e respeitar. Se você o destronar, não é de admirar que esteja descontente e que mulheres descontentes não sejam amadas por muito tempo.” – Marlene Dietrich

Comentários

Postagens mais visitadas