Infantilismo Parafílico, Autonepiofilia, Síndrome do Bebê Adulto

Infantilismo parafílico, também conhecido como autonepiofilia, infantilismo psicossexual e síndrome do bebê adulto
Os bebês adultos sentem satisfação ao interpretar uma criança. Isso é conhecido como infantilismo parafílico, ou, autonepiofilia, infantilismo psicossexual e síndrome do bebê adulto.

Os comportamentos podem incluir beber em uma mamadeira ou usar fraldas (fetichismo das fraldas ou diaperismo). Os indivíduos podem se envolver em atividades próprias de crianças pequenas, como desenhar, brincar, assistir desenhos infantis, ouvir histórias, etc.

Infantilismo Parafílico, DL
O fetichismo das fraldas envolve pessoas que usam fraldas por razões sexuais ou eróticas, porém não necessariamente tendo um comportamento infantil. Esses são conhecidos como amantes de fraldas (no inglês: DLs), e gostam do uso frequente de fraldas.

Nas relações entre amantes de fralda, geralmente, envolve a submissão do bebê adulto para um "cuidador", por exemplo, um pai. Eles também podem se sentir atraídos por experiências masoquistas, coercitivas, punitivas ou humilhantes.

Infantilismo parafílico, também conhecido como autonepiofilia, infantilismo psicossexual e síndrome do bebê adulto
Aqueles que gostam de ser tratados como um bebê - que pode incluir o uso de fraldas - mas não o veem como um fetiche sexual, são conhecidos como bebês adultos (no inglês: ABs). Ao usar fraldas, os infantilistas podem urinar e/ou defecar nelas.

O infantilismo parafílico, também conhecido como autonepiofilia, infantilismo psicossexual e síndrome do bebê adulto, é um fetiche sexual que envolve representar uma regressão a condição de uma criança.
Os indivíduos que se interessam por essas duas coisas ao mesmo tempo são referidos como Bebê Adulto/Amante da Fralda (no inglês: AB/DL). Embora essas duas parafilias sejam distintas, é comum que uma pessoa que goste de uma também goste da outra até certo ponto.

Não existe uma etiologia reconhecida para o infantilismo e há poucas pesquisas sobre o assunto. Tem sido associada ao masoquismo e a uma variedade de outras parafilias.

ABs e DLs não têm desejo sexual em relação às crianças. Embora seja comumente confundida com a pedofilia, as duas condições são distintas e os infantilistas não procuram crianças como parceiros sexuais.

Como essas fantasias são inofensivas, os infantilistas raramente procuram ajuda médica. O desejo de ser tratado como um bebê geralmente começa entre as idades de 5 e 15 anos. A maioria é heterossexual, mas apenas um em cada cinco são mulheres.

Uma variedade de causas foi proposta, incluindo mapas amorosos alterados, impressões erradas e erros em alvos eróticos, embora não haja consenso. Existem várias organizações para discutir o infantilismo ou reunir-se com outros profissionais em todo o mundo.

VEJA MAIS...

Comentários

Postagens mais visitadas