Parafilia

Parafilias são comportamentos classificados popularmente como Taras, Perversão ou Transtornos Sexuais.
Alguns dos principais comportamentos parafílicos

Parafilias são comportamentos classificados popularmente como Taras, Perversão ou Transtornos Sexuais. A palavra vem do grego παρά, para, "fora de",e φιλία, philia, "amor".

Ainda que algumas pessoas tenham conceitos presos ao passado, várias parafilias passaram a ser aceitas enquanto outras tiveram sua classificação merecidamente tipificadas como crime, como são os casos da pedofilia, zoofilia, necrofilia, frotismo, entre outras.
 
Sob outro ponto de vista, as parafilias também podem ser consideradas inofensivas e, de acordo com algumas teorias psicológicas, são parte integral da psique normal — salvo quando estão dirigidas a um objeto potencialmente perigoso, danoso para o sujeito ou para outros (trazendo prejuízos para a saúde ou segurança, por exemplo), ou quando impedem o funcionamento sexual normal, sendo classificadas como distorções da preferência sexual. Há um debate sobre quais parafilias devem ser listadas em manuais de diagnóstico, como o Manual de Diagnóstico e Estatística de Distúrbios Mentais (DSM), ou a Classificação Internacional de Doenças (CID).

Manual de Diagnóstico e Estatística de Distúrbios Mentais
DSM é um manual para profissionais da área da saúde mental que lista diferentes categorias de transtornos mentais e critérios para diagnosticá-los. O DSM-5 foi publicado em 18 de maio de 2013.

As considerações a respeito do comportamento tido como parafílico dependem em um grau muito elevado das convenções sociais reinantes em um momento e lugar determinados; certas práticas, como a homossexualidade ou até mesmo o sexo oral, o sexo anal e a masturbação foram consideradas parafílicos em seu momento, embora agora sejam consideradas variações normais e aceitáveis do comportamento sexual.
Em 1973, a homossexualidade deixou de ser classificada como um transtorno, quando foi excluída do Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais (DSM) da Associação Americana de Psiquiatria. No Brasil, em 1984, a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) posicionou-se contra a discriminação e considerou a homossexualidade algo que não prejudica a sociedade.

Portanto, o próprio conceito de parafilia tende a ser revisto já que na atualidade a ciência tem ampliado cada vez mais as variações aceitáveis do comportamento sexual. Sendo assim, é impossível elaborar um catálogo definitivo das parafilias.

Leia Também...

Comentários

Postagens mais visitadas